Todos os textos contidos neste blog são de propriedade intelectual da autora. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Selo "Liebster"!!!

Gostaria de agradecer a Letícia, do blog Crítica Retrô, por ter lembrado de mim com este carinhoso selo: o Liebster. A palavra, em alemão, quer dizer "o mais querido". O selo foi criado especialmente para os blogs com menos de 200 seguidores.
Saiba, Lê, que isso muito me apraz, já que seu trabalho é tão bem-feito. Esta menina, com apenas 18 anos tem um bom gosto apuradíssimo e já ajuda a difundir a cultura no mundo virtual. Tenho muito orgulho disso.
Obrigada, Lê, pelo carinho!
Aí vão os blogs homenageados:
Cinewesternmania
Experimento Noir
O Cinema Antigo
Estrelas Que Nunca Se Apagam
Cinemascope

11 comentários:

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Oi Dani, como vai?
Obrigado por visitar meu Blog,
Não consegui colar o selo que me enviou em minha página, creio que fiz algo errado, ou não fiz algo...
kkkkk

Abração

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Dani, desconsidere meu comentário anterior sobre o selo... kkkk fiz umas gambiarras aqui e deu certo... valeu abração

Por que você faz poema? disse...

Realmente, há grandes blogues pela rede, mas com poucos leitores (ou seguidores).

Faroeste disse...

Muito bem, Le;

Se isso é mesmo um dom seu, siga-o, pois o que faz é difundir coisas boas que muitos desconhecem.

Eu, por esemplo, nao conhecia os blogs Estrelas que Nunca se Pagam e Experimento Noir.
Então, passo a conhece-los e visitá-los.
jurandir_lima@bol.com.br

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Parabéns, Dani. O seu blog merece.

O Falcão Maltês

disse...

Dani, muito obrigada pelos elogios. Também adoro o seu blog e o modo como você o enche de ótimas informações.
Beijos!

As Tertulías disse...

Correction: "liebster" => o MAIS querido!!!!! Parabéns!!!!!!

Maxwell Soares disse...

Olá, Dani. Parabéns pelo selo. Também, ganhei. KKK. Voltarei outras vezes,aqui, para lê-la. Seguindo...

Daniele Moura disse...

Olá, meus queridos, obrigada!!
Ricardo, vou corrigir então, e colocar "o mais querido". Thanks!
Maxwell, fique à vontade por aqui, ok? Seja bem-vindo!
Aos demais,só posso dizer que fazem realmente trabalhos muito bons e que merecem o selo!
Um abraço
Dani

Fanzine Episódio Cultural disse...

Heróis sem quadrinhos

Em suas páginas agimos como meninos
Abrindo a grande cortina de recordações
Para viver cenas em preto e branco.

Das tiras de jornais
Mocinhos e bandidos
Tornaram-se heróis e vilões.
Como éramos felizes
E não sabíamos!
Como é triste hoje enxergamos
O vazio do amanhã!

Aí vem o Roy Rogers galopando,
Buck Jones e Tom Mix ali acenam
Final feliz ou incógnito?
A resposta ficou nas lágrimas
De uma donzela.

Nossos heróis se foram
Deixando-nos apenas saudade.
Levaram consigo a certeza
De que homens nos tornaríamos.

Crescemos num mundo concreto
Real, carnívoro, traiçoeiro,
Mísero de valores culturais
Abastado de líderes sem valores.

Os heróis de ontem não têm mais quadrinhos,
Nem espaço nas recordações,
Mas enquanto existir a criança de ontem
Continuarão aventurando-se em nossos corações.

*Agamenon Troyan, poeta mineiro é autor do livro (O ANJO E A TEMPESTADE)

Daniele Moura disse...

Olá, Fanzine!
Você é o autor deste texto?
Que coisa mais linda e sensível. Agradeço por dividir esta beleza aqui conosco!
Um abraço
Dani