Todos os textos contidos neste blog são de propriedade intelectual da autora. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização.

sábado, 11 de agosto de 2012

Feliz Dia dos Pais!!!

Liza Minnelli tinha verdadeira adoração por seu pai, o diretor Vincente Minnelli. Acredito que ele foi o grande amor de sua vida. Ela sempre fala nele com um carinho muito grande. E o mais lindo: vemos o brilho em seus olhos. Tenho o show fabuloso de Liza no Radio City Music Hall, templo das artes em Nova York, e em um determinado e mágico momento, ela dedica a ele um longo tempo. Com os olhos brilhando ela conta, inclusive, que os primeiros trabalhos de Minnelli foram ali, no Radio City. Fala com intensa paixão de sua obra, paixão tamanha, que percebemos que a arte e a pessoa dele se fundiam. Logo, ele era tão grandioso artista por causa de sua sensibilidade, por ser humano.
Ocorre um sentimento muito especial normalmente entre filhos e pais, tanto meninos quanto meninas. É tão bom passar momentos com eles. Uma simples conversa, um abraço, um beijinho naquele rostinho envelhecido de tanta sabedoria. Um passeio com papai...contemplar o céu azul ao lado dele. Nossa alma é a verdadeira morada da felicidade e estas pequenas coisas fazem da nossa vida mais completa, mais doce e inocente. Portanto, se Deus nos deu um pai, devemos aproveitar cada segundo que temos ao seu lado. Oferecer-lhe carinho, retribuir todo o amor que ele tanto nos dispensou, por toda a vida. Pedir desculpas quando erramos. Pensar em voltar atrás, tentando compensar um erro com verdadeiras atitudes de um filho: a gentileza e o amor. O afeto inabalável.
Coisa mais linda do mundo é o amor de um pai! Aquele que sofreu pra você nascer, correu pelo hospital, pedindo ajuda, saiu nas ruas, a fim de encontrar uma solução, para que seu tão esperado filho nascesse. Aquele que arrisca sua vida pela sua. Que te defende até o fim. Que está ao seu lado e você sabe plenamente que nunca vai lhe trair, caçoar ou trocar o seu amor pelo de outra pessoa. Amor incondicional o de um pai. Inesgotável fonte de riqueza, da mais pura intenção. Te ama pelo que você é e mesmo que o decepcione, ele lhe perdoará, pois a fonte de seus sentimentos nunca seca em situações difíceis. Ele vai sentir as suas dores e sofrer contigo e enfim se realizará com a sua felicidade.
Emocionante o amor de um pai!


3 comentários:

disse...

Muito bom, Dani! Bela homenagem, citando uma das mais sinceras relações de pai e filha do cinema. Gosto como Liza fala de como o pai a ajudou a compor a personagem de Cabaret.
Beijos!

Maxwell Soares disse...

Que belo texto e que bela homenagem. Parabéns, Daniele. Espero vê-la, também, no Sapere Aude. Seus comentários são sempre bem-vindos. Um abraço...

Daniele Rodrigues de Moura disse...

Obrigada, gente!
Estou aos poucos, voltando a escrever.
Um abraço
Dani