Todos os textos contidos neste blog são de propriedade intelectual da autora. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Esquentando os tamborins: Vivien Leigh in living color!

A beleza de Vivian Mary Hartley, mais conhecida como Vivien Leigh, que faria aniversário no próximo dia 5 de novembro. Os 98 anos não seriam impossíveis, porém a vida lhe marcou muito. Mais tarde, um texto será publicado aqui, para contar um pouco da história da passional Vivien. A vida no extremo. No limite da razão, sem limites para nada. A seguir, algumas imagens dela à cores, de acordo como ela mesma via a vida:


As duas fotos, como muitos já devem saber, "...Gone With The Wind"(1939)

Por volta de 1940.

Como Karen Stone para divulgação do filme "The Roman Spring of Mrs. Stone"(1961)

13 comentários:

Edison Eduardo d:-) disse...

Simplesmente bela!!! Um bjão!

disse...

Linda e incrível sempre! Não conhecia o visual da última foto.
Beijos!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Dani, acho que a Vivien via a vida em preto-e-branco. A nossa musa era bem complicadinha... rs

O Falcão Maltês

Daniele Moura disse...

Discordo, Antonio.
O Olivier foi bem duro com ela. E quem tem paixão pela vida e procura amar as pessoas vê a vida colorida, na minha opinião. Fora a paixão pelo teatro, senão amor.
Bjos!

Daniele Moura disse...

O que vc vê nela como complicadinha? Pelo amor de Deus, não me diga que era o problema da Desordem Bipolar. Não acho que você pense assim...não é...

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Incrível Vivian Leigh, essas fotos são lindas. E o Vento Levou e Uma Rua Chamada Pecado são seus melhores trabalhos.
Parabéns pelo Blog Dani, Simplismente perfeito. Abração

Por que você faz poema? disse...

Salve Vivien Leigh,
Salve Blanche DuBois!!

Roderick Verden disse...

Daniele, perdão pela invasão, estou ausente de comentários e de postar nos meus humildes blogs, mas ainda acompanho alguns. Aprendemos (e nos aborrecemos) com as pessoas. Gostei muito do seu comentário no blog do Antonio. Lamentável tais "biografias" dizerem que certos astros são piores do que eles realmente foram. A Vivian bissexual?! Nunca ouvi falar isso! Laurence Olivier ser homossexual, já ouvi dizer a respeito, ah, mas um caso com Dany Kaye?! E em outras biografias dizem que o grande astro teve um caso com Richard Burton. Faça-me um favor. Que fãs são esses que dizem que nossos amados astros só aprontam? Adorei sua defesa no tocante a Vivian Leight.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Querida Dani, não tive intenção de ofendê-la, jamais brincaria com situação tão séria. Quando escrevi esse comentário ainda nem sabia que a Vivien era bipolar, mas havia lido sobre vários problemas causados por ela em inúmeras filmagens, de ANNA KARENINA a A NAU DOS INSENSATOS. Inclusive, não se sabia na época que ela era bipolar, era mais conhecida como uma estrela temperamental. Mas o talento dela está acima disso tudo. Quanto a biografia que conta "detalhes sórdidos", me parece honesta. Os autores eram íntimos dela e do Olivier. Colheram depoimentos de gente séria como Gielgud etc. Inclusive li uma revista dos anos 60 que fala de sua expulsão de um hotel em Roma por levar "garotos suspeitos" para o seu apartamento. Na época ela filmava "Em Roma, na Primavera".
Beijos. Seu amigo,

O Falcão Maltês

Daniele Moura disse...

Olá,
Antonio.
O que gostaria que você entendesse, principalmente no meio artístisco é que, muitas vezes o honesto não é o que soa verdadeiro, de fontes que conviveram com estas pessoas. É exatamente o contrário: imagine você, ter um amigo e confidente, durante anos. 40 anos depois de sua morte esta pessoa surge com um livro dizendo que você é isso, aquilo e outro aquilo. É uma traição...entendeu? É um absurdo que o espólio da atriz e de Olivier(suponha-se Tarquin e Suzanne) ainda não tenham tirado este livro das prateleiras. Se fosse minha mãe, com todos os defeitos(sabemos que Vivien não foi uma mãe presente durante anos) eu tiraria.
Existem certas coisas, e isso eu falo pois nós dois também somos pessoas públicas, que simplesmente as pessoas de bem não revelam. As que são mal-caráter sim, como o caso dos autores deste livro. Um diz ser confidente da atriz...meu Deus! Não existe casal perfeito, lógico, mas os problemas em maior proporção dos dois acho que já sabemos. Não precisamos de mais. Não. Eu preciso é de mais filmes de Vivien, que nem foram lançados no Brasil, ainda...não acha isso mais interessante? Fico feliz que tenha me entendido. Eu realmente não quis de maneira nenhuma levar para o lado pessoal. Só te dar um toque. Que bom que tenha compreendido.
Um abraço
Dani

Daniele Moura disse...

Olá,Roderick!
A questão não é se ela foi bi ou se ele era bi também e se eles se traíam direto, como uma questão moralista de minha parte. Quem me conhece bem, sabe que não sou moralista. A questão é que dois AMIGOS do casal escreveram um livro expondo tudo o que eles sabem a respeito. Isso pra mim é baixeza e traição. Tudo em nome do dinheiro: este mundo maldito em que vivemos, em que a amizade nada vale. Agora eu pergunto: e se fosse a mãe de vocês? Até onde alguém iria por dinheiro? Colocaria em exposição total um "amigo confidente" só para escrever um livro e ganhar dinheiro? Não sei, de repente vieram estas perguntas na minha cabeça. Ah, e um medo...ah, um medo me bateu também. Nossa! Que mundo é esse.

Anônimo disse...

Nice blog at least I think so. Thanks for sharing that information.

Craig Writeman
cellular signal blocker

Ana Patricia disse...

Amo Vivien, adorei as fotos, a mulher mais linda do mundo!!!!!!