Todos os textos contidos neste blog são de propriedade intelectual da autora. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

É Uma Luta, Viu?

É, minha gente, está difícil arrancar forças para voltar a escrever...Não sei o que está acontecendo comigo. Já me fiz tanto esta pergunta mas a resposta não vem. O pior é que eu tenho tanto material para colocar aqui, tantos filmes, tantas coisas para transformar em textos. Queria tanto poder dividir com vocês as coisas que eu tenho acumulado desde o ano passado, principalmente a respeito de filmes. São tantas coisas que me encantam, que já deveriam estar aqui, mas...cadê a força? Fora dividir o conhecimento está a vontade de preparar meu segundo livro. E com certeza, são tantos filmes que vi no ano de 2012, que é capaz de já ter material para ele.  O primeiro livro, que eu anunciei aqui ainda não está disponível para produção, pois houveram problemas com a diagramação. Um amigo querido agora vai me ajudar nisso para eu ter muito em breve o livro tão sonhado nas minhas mãos e, lógico, nas mãos de quem quiser também.
Não sei como voltar, não sei...
É muito estranho quando não conseguimos fazer o que gostamos. No meu caso, escrever me faz bem, então é ainda pior não estar produzindo. Parece que uma parte de mim sumiu! Eu vejo muitos filmes, mas e daí? O que adianta, se nada vem pra cá? 
Ah, que angústia...que coisa mais chata e desagradável não escrever! Que vazio, que buraco em mim!
Espero que este pequeno desabafo seja o início da recuperação...

CONSTANCE BENNETT

2 comentários:

disse...

Está sofredno do mesmo m de Guido Anselmi em Oito e Meio, Dani?
Aconselho você a começar se aquecendo um pouco, escrevendo coisas que nem sempre serão aproveitadas. Depois, não se preocupe se não escrever um post de uma só vez. Vi no facebook que você comprou algumas revistas antigas de cinema, seria uma boa ideia fazer um post sobre elas!
Beijos!

Daniele Rodrigues de Moura disse...

ô, Leticia, obrigada pela generosidade!
Pode ter certeza que estes conselhos seus me serão muito úteis, viu!
Ainda não vi Oito e Meio, de Felline.

Um abraço
Dani