Todos os textos contidos neste blog são de propriedade intelectual da autora. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

OUR DANCING DAUGHTERS (1928)

Joan Crawford estrela este drama romântico onde seu personagem é uma menina rica, que não faz nada na vida. Festeira, permanece no clube até o sol raiar, bebendo e contando nos dedos quem caiu em seus encantos na mesma noite. Mas como odiá-la, mesmo ela sendo fútil deste jeito? É impossível!
...Não entenderam?
É que Joan cativa com sua Diana desde o início. Com um brilho nos olhos que mais tarde a transfomaria em das atrizes mais populares de Hollywood, revela o verdadeiro caráter de sua personagem quando surge Ben(John Mac Brown). Ao se conhecerem numa festa, os dois se apaixonam. Ele se encanta ao vê-la dançando, com uma roda de jovens aberta à sua disposição. Diana é a garota popular, mas não precisa de arrogância nem de maldade para isso. Ela é popular não só pela beleza, mas também pela vontade de viver, a energia, seu rosto sempre simpático. Ao lado de Beatrice(Dorothy Sebastian), sua melhor amiga, ela luta para ser amada pelo que é.

O filme trata da seguinte questão: o que vale mais num casamento? Uma mulher que finge ser recatada ou aquela que é sincera e assume que gosta de viver fora dos costumes impostos pela sociedade? Colocando dessa maneira, pode parecer ultrapassado, mas não é. Por mais sutil que seja nos dias de hoje, as mulheres ainda são cobradas pelo recato, pela discrição, mesmo que isto represente a sua infelicidade. Diana e Beatrice lamentam, choram uma para a outra da má sorte no amor. Norman(Nils Ashter) é apaixonado por Bea, mas quer que ela deixe de ser uma party girl e seja somente dele. Já Di perde Ben para Ann e seu jogo sujo, e a trama se desenvolve ao longo da batalha dessas duas jovens ao encontro do verdadeiro amor.

Maravilhosa atuação do trio de meninas Crawford-Sebastian-Page, com uma cor muito especial proporcionada pela vilã de Anita, invejosa e articulista ao máximo e que no fundo queria estar no lugar de Diana. Podemos dizer que a Ann de Anita Page é a Regina George do filme MEAN GIRLS(2004), de Tina Fey, considerando que se trata de uma história de conflito de jovens bastante semelhante, unindo-se à busca pela popularidade a qualquer preço e a descoberta, mais tarde, dos valores ideais. Valores estes que podem não trazer felicidade a uma vilã, porém reestabelece a aura blindada da mocinha protagonista.

Do mesmo produtor de THE EASIEST WAY, texto anterior a este, este delicioso filme foi dirigido por Harry Beaumont e traz Cedric Gibbons como Diretor de Arte, e que marcou a era de ouro da MGM com suas decorações luxuosas e belas. David Cox assina o rico guarda-roupa, recheado de lindos vestidos de festa, casacos de pele e tuxedos. A continuação, foram feitos mais dois filmes do gênero: OUR MODERN MAIDENS(1929) e OUR BLUSHING BRIDES(1930). Apesar de ser uma película bem agradável, com um ótimo elenco, não se pode fugir do detalhe do roteiro, que é bastante cliché e previsível. Destaque para Joan Crawford dançando o Charleston emcima da mesa, no início do filme: Joan trabalhou bastante sua dança em seus primeiros filmes e até o n´cio dos anos 30, fazia o papel da moça rica, heideira de grande fortuna, porém bom caráter. E assim, sua irresistível presença cênica se fez notar e despontar uma das maiores atrizes da História do Cinema.

Saiba mais sobre Dorothy Sebastian, aqui
Análise de MILDRED PIERCE, grande sucesso de Joan Crawford neste link

A festeira Diana e seus admiradores.


Um desfile de belos vestidos e um trio de atrizes ótimas!

Anita Page e o Art Decó de Cedirc Gibbons:  luxo!

A moderna Diana dança para seus amigos!

5 comentários:

siby13 disse...

Lindíssima página sobre Joan, parabéns , amei!!!

Daniele Rodrigues de Moura disse...

Obrigada, Sibely!!!
Finalmente eu voltei a fazer o que eu amo: escrever!!
Bjinhos!!!!!!

As Tertulías disse...

Que delícia de postagem... Amei! Sempre quis assistir este filme e nunca consegui... vou ver se tem no Amazon... hoje mesmo! Ahhhhhhh... sabia que Danielle Crepaldi chega aqui dia 21.03.????? Oba!!!!!!!

Daniele Rodrigues de Moura disse...

Ai, que maravilha!!!!
A Dani de volta!!!
Eu baixei este filme do blog Desvendando Estrelas. Eis o link: http://desvendandoestrelas.blogspot.com.br/p/joan-crawford.html

Que bom que gostou do texto. Um beijo!
Dani

alanis disse...

Olá, poderia me dizer onde posso baixar esse filme? cliquei no link que você postou mas aparece que foi deletado! Por favor, obrigada